Denise Mattar - Uma das mais importantes e premiadas curadoras de artes visuais brasileiras, destaca-se pela extensa e cuidadosa pesquisa realizada em suas exposições. Na década de 1990 dedicou-se a grandes montagens que resgataram a trajetória de importantes artistas brasileiros como Di Cavalcanti, Ismael Nery e Flávio de Carvalho. Foi curadora do Museu da Casa Brasileira, do MAM/SP e do MAM/RJ. Em 1997 passou a atuar como curadora independente na Curatorial Denise Mattar. É autora dos livros Lygia Pape, da coleção Perfis do Rio; Ismael Nery e Museu de Arte Moderna da Bahia. Atua como consultora de arte em espetáculos teatrais e séries de TV. É docente da Universidade Candido Mendes. Possui um extensa lista de premiações em sua carreira.

 
       
 
Guilherme Isnard - Cenógrafo especializado em design de exposições de artes visuais. São de sua autoria as cenografias das mostras O Preço da Sedução; Anita Malfatti; – A Festa da Forma e da Cor; O Olhar Modernista de JK; Traço, Humor e Cia; O Preço da Sedução, entre outras. Também tem sua assinatura o design de montagem das exposições Pancetti, o marinheiro só ; Brasil de Marc Ferrez; Samson Flexor; Mary Vieira; HomoLudens; Di Cavalcanti;e São Paulo - 450 anos. Nas artes cênicas destacam-se trabalhos com as companhias Sandro Borelli e Far 15, de dança contemporânea. Realizou um trabalho inédito de inclusão social com os detentos do Carandiru quando confeccionaram as 200 mil flores do módulo  Barroco, da Mostra do Redescobrimento.
 
     
 
Mauro Campello - Designer Gráfico, graduado no curso de Programação Visual da Faculdade da Cidade e pós-graduado na UFRJ em Webdesign. Atua na área de Design Gráfico no Depto. de Multimeios na Fiocruz, onde desenvolve projetos para simpósios, semináriose e congressos. Participou da criação da Editora Fiocruz, do projeto de identidade visual, bem como de vários de seus livros. Hoje ocupa a coordenação de Webdesign do Portal Fiocruz. Faz parte do banco de artistas dos Correios, tendo seu trabalho premiado em concursos. Desenvolve também programação visual de exposições de arte, de livros e catálogos nesta área.
 
     
 

Izabel Ferreira - Cientista Social, Mestre em Antropologia Visual pelo PPCIS/UERJ.  Realiza pesquisas históricas e iconográficas para projetos culturais. É autora do livro A capoeira no Rio de Janeiro, 1890-1950. Responsável pela assistência de curadoria de diversas exposições no Brasil e exterior. Também atua na elaboração de livros de arte, destacando-se: A Viagem de von Martius, Coleção Brasil-Holandês, Pancetti – o marinheiro só, Coleções do Brasil,Emmanuel Nassar – a poesia da gambiarra, O Olhar Modernista de JK, O’Brasil – da terra encantada à aldeia global, Iberê Camargo, Di Cavalcanti – um perfeito carioca e o livro Ismael Nery, prêmio Excelência Gráfica Werner Klatt 2005. É uma das criadoras do Fundo Ângela Borba de Recursos para Mulheres.

 
     
 

Raquel Silva - Jornalista, Mestre em Bens Culturais e Projetos Sociais pelo CPDOC/FGV. Trabalha, desde 1979, como produtora cultural. Atua em diversas áreas da comunicação, particularmente assessoria de imprensa, edição e produção de livros de arte e fotografia. Foi responsável pela coordenação editorial do livro Ismael Nery, que em 2005 recebeu o Prêmio ExcelênciaGráfica Werner Klatt. Escreveu o Guia da Copa França 1998. É coordenadora da Coleção Capoeira Viva, patrocinada pelo Minc, que publica ensaios acadêmicos  sobre o tema. Uma das criadoras do Fundo Ângela Borba de Recursos para Mulheres, é verbete do livro Mulheres Negras do Brasil, que lista as mulheres de destaque em suas áreas ao longo da historiografia brasileira.

 
     
 
   
Tel.: (011) 3865-3716 | 3801-9913 | créditos